sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Olhares


Dois olhares se cruzando, e no exato momento que as duas pessoas se flagram compartilhando o momento os olhares se desviam. Para os mais românticos, a possibilidade de um novo amor. Para os pessimistas, uma coincidência. Mas o romântico, na esperança de um sentimento, se vê tentado a experimentar a mesma sensação novamente. E quando parte-se para a nova tentativa, lá estão os mesmo olhos. Foi o suficiente. O interesse, a curiosidade, a paixão; tudo começa a florescer.
Há quem não acredite nisso, fique relutando e procurando justificativas:
- Não é comigo;
- Ela não estava olhando de volta;
- Preciso me concentrar em outras coisas;

Como descobrir a alternativa correta?

Cada um, a seu tempo e maneira descobre. Só resta a esperança desse tempo não ser grande o suficiente para que se arrependa.


Depois de um tempo buscando inspiração para escrever, os pensamentos se tornaram palavras nas linhas acima. Eu já descobri o que me inspira.
E você que me lê, já descobriu o que nos inspira??

Seja o primeiro a comentar!

  ©Demente News - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo